domingo, maio 27, 2018

Se correr o bicho pega se ficar o bicho come...

Foto no portal de entrada de Fraiburgo SC ( Foto: Jerusa Moreira)



Eu entendo que a greve é apenas uma suspensão coletiva da prestação de serviços ao empregador por tempo parcial ou total, com o objetivo de exercer a defesa e/ou conquista de interesses coletivos dos trabalhadores.  Ela deve sempre ser realizada de maneira temporária e pacífica, combinada na maioria das vezes entre os operários com as associações e os sindicatos específicos dos trabalhadores para reivindicar a defesa dos seus interesses.  No meu ponto de vista, a luta dos transportadores que acontece nesta semana é legitima e tem o objetivo primeiro de parar com os aumentos abusivos dos combustíveis e com o achatamento dos lucros obtidos com a atividade.  O que deve ser observado com mais atenção e ser refletido profundamente é: a quem interessa de forma indireta este “caos artificial” e quem vai “lucrar com a paralisação”? Provavelmente no final haverá um custo social enorme e o governo não vai querer colocar conta dele.  Eu sei que para se fazer omelete é preciso quebrar os ovos, por isso sou favorável ao movimento, minha maior preocupação é que a classe política possa usar esta paralisação como desculpa para justificar depois a manipulação de três ingredientes indispensáveis para estabilização das nossas vidas: inflação, desemprego e desabastecimento, vai com certeza culpar os transportadores, e  mandar a conta para os contribuintes ( Povo). 

Finalizando, faço minha as palavras de Lucas Afonso que disse: “Se vocês ainda pensam que greve, protesto, paralisação, ocupação é brincadeira: Cuidado pra não ser rato que aplaude a ratoeira”.

Opinião publicada no Jornal A Coluna de 25/05/2018  nº 857




Peça já o seu BAZUCARD e tenha 40 dias para pagar
3246-4985  ou  3246-4705






Nenhum comentário:

Postar um comentário