terça-feira, maio 29, 2018

Quando será que o "Deus Mercado" cobrará esta conta?



Enquanto há no Brasil uma luta dos caminhoneiros pela melhoria das condições de trabalho, ao mesmo tempo existem brasileiros estudando formas de “ter vantagens em tudo”.  Todos os dias em muitos lugares recebemos notícias de abusos de preço, como saco de batata de R$ 70,00 por R$ 250,00, pé de alface a R$ 8,00, botijão de gás a R$ 200,00, litro de gasolina a R$ 6,00.  Seguindo a lógica do “Deus Mercado”, a escassez de qualquer produto autoriza que o preço suba, assim poucas pessoas se interessem por consumir o raro produto e a distribuição acaba sendo possível. Temos que refletir que, essa paralisação tem cessado a produção e a distribuição de muitos bens, por consequência vai gerar a falta de produtos que são necessário no dia a dia e o “Deus Mercado” vai dizer subam o preço, para regular o acesso.  



É consenso entre os economistas que o prejuízo passa da casa dos bilhões, sem considerar a parte intangível (prejuízo indireto) e quando tudo tiver normalizado, novamente o “Deus Mercado” falará assim: distribua o prejuízo entre os mortais, se referindo ao consumidor contribuinte.  Em minha opinião, pressionar e causar o caos não é difícil, mas, manter os ânimos do “Deus mercado” fornecendo concessão a uma única classe, não será tarefa fácil.  Querem queimar “TODOS OS POLITICOS” numa mesma fogueira, como se isso salvasse em uma semana o BRASIL, mas esquecem de fazer a sua parte, pois o brasileiro comum é o primeiro a correr para o supermercado e estocar comida desnecessária e ainda sem reclamar do preço abusivo, faz isto porque quer ajudar os caminhoneiros do BRASIL!  A pergunta que fica sempre, para quem trabalhamos?  Quem ganha com este caos artificial?  Tenho certeza que alguém está ganhando muito e as vezes não percebemos sua presença e achamos que ele esta nos fazendo um grande favor.

A greve é um direito mas não é uma obrigação. É preciso lembrar aos auto intitulados "democráticos" líderes grevistas que obrigar alguém a aderir é puro exemplo de ditadura. 
Galinho Paulista





Nenhum comentário:

Postar um comentário